Feeds:
Posts
Comentários

Caro leitor, este post é dedicado à todos os trabalhadores, tá já vi que não é primeiro de maio. Mas nós que trabalhamos de segunda a segunda temos que valorizar o próprio esforço. Se você puder e quiser conte um pouquinho de sua experiência no mercado de trabalho, seria muito bom compartilhar histórias.

 

Este é um capítulo importante na vida de qualquer pessoa, não apenas porque é um fato natural, mas por ser marcante e com certeza extremamente necessário. É fato de que todos precisam começar, um dia você dará o primeiro passo, e iniciará uma nova jornada em sua vida; que agora recebe o nome de vida profissional.

Cada vez mais cedo, nos preocupamos com o que vamos ser, e qual rumo tomar, depois do ensino médio chega a faculdade. O momento assustador e excitante em que você descobre um novo mundo, e principalmente busca encontrar a si mesmo.

Alguns começam a trabalhar, antes mesmo de entrar na faculdade, outros tem o privilégio de adiar um pouco mais esta experiência. Mas o que todos nós sabemos é que em algum momento de sua vida, você irá adquirir mais responsabilidades, e será cobrado por resultados.

A primeira coisa que recebemos é uma proposta, outros preferem dizer: “a oportunidade”, que definitivamente é o início de algo novo e completamente desconhecido. Você conhecerá novas pessoas, fará até novos amigos; mas nada será como estar na escola, afinal não estamos em casa, estamos no trabalho. E tudo o que se pode fazer é apenas: exercer sua função.

Relatórios entregues, e-mails enviados, correspondências postadas, atividades concluídas, telefonemas retornados, projetos desenvolvidos, tarefas realizadas, textos corrigidos, treinamentos executados, cópias(xerox) tiradas, conferências participativas, seminários apresentados, ideias inovadoras, alvos alcançados, planos bem sucedidos, metas lançadas,… e claro, seu capuccino em cima da mesa. Bom este seria o sonho de qualquer diretor de uma empresa, ao chegar em sua unidade em uma segunda-feira, pós feriado prolongado. Mas nós sabemos que não é bem assim que a banda toca. Aliás, este cargo antes de ser ocupado por um execelente funcionário, foi almejado por ele, ao iniciar sua brilhante carreira, em seu primeiro dia de trabalho.

Não estou dizendo que tudo será perfeito, e dará certo para você! Até porque se fosse assim, porque não daria certo para mim!?

Não se trata apenas daquilo que sonhamos e almejamos ter. É simplesmente 

tudo aquilo que trabalhamos para conquistar, e realmente olhar para trás e ver o que você desenvolveu, e tudo aquilo que sacrificou para chegar até aí, é sim cansativo, mas muito mais gratificante. E olha que você ainda nem começou.

 

Imagem

 

 

 

Uma doce e boa noite à TODOS! 😀

 

Love, 
M. Fletcher


Olá meus queridos e amados leitores. Já faz tempo que não apareço por aqui. Mas a vontade de escrever surgiu agora, e não quero perdê-la. Bom, então já vou começar descarregando uma tempestade de palavras, que é para matar a saudade, e aliviar a pele, descansar meu coração e meus pensamentos. 
   Pelo título, o que você imagina? Sim, problemas! Eu sei que você tem os seus, e eu tenho os meus e cada um com a sua vida, e sua história. Mas, enfim, o assunto em questão é a forma como podemos enfrentá-los
   É difícil, eu sei. Às vezes foge do nosso controle, mas quando a gente bate de frente, embora tenha feridas, e corações despedaçados; e até levamos um “tapa na cara” de nossas próprias mãos. Nós sabemos, que quando enfrentamos, nós superamos, conquistamos, amadurecemos, vencemos e crescemos. 
   Não importa se o resultado é positivo, se você recebeu um troféu, uma medalha, seu nome na Calçada da Fama,ou até um prêmio Nobel. Porque este é apenas o símbolo. O mérito está na luta, na briga interior; tudo aquilo que precisou ser superado, passado adiante, para chegar na linha final, e descobrir que valeu a pena. 
   Se houve um resultado negativo, eu tenho outra coisa importante à dizer. EM FRENTE. Isso mesmo, marche agora mesmo. Porque este foi mais um tombo, uma queda; mas não significa que a guerra acabou… Significa sim que, você deve continuar persistindo, e mostrar que pode vencer.
   Você pode superar os seus medos, anseios, inseguranças e tropeços, para enfrentar aquilo que está diante de você, e depois seguir frente. Afinal o maior inimigo (o seu eu – interior) já foi derrubado.

 

 

 

Imagem

 

Love, soo much
M. Fletcher


– Conhecendo as pessoas

Caro leitor, o que você irá ler agora é uma amostra de meus pensamentos nesta tarde ensolarada, onde uma questão ocupou minha cabeça. Quais as pessoas que nos conhecem de verdade? Para quantas pessoas você costuma contar seus grandes segredos? Quem sabe mais de você, do que você mesmo? 

 

As redes sociais se tornaram um dos maiores meios de comunicação, não é o melhor, mas atualmente o Facebook é o mais populoso site de Relacionamentos no Brasil (1 bilhão de usuários). E cada vez mais o número de usuários cresce constantemente. O fato é que muitas vezes, temos amigos adicionados, que na verdade são conhecidos. Não são amigos que acompanham diretamente o que acontecem em nossas vidas. 

Então, muitas vezes as informações que as pessoas tem são aquilo que escrevemos em nosso perfil. E eu pergunto: Um simples perfil de um site de relacionamentos é o suficiente para te definir como pessoa? Então eu acredito que você é muito pobre de espírito e conteúdo. Como pode alguém te conhecer pelas simples mensagens que você troca na Internet. O conhecimento é algo vivo, que toma tempo, e exige convivência. 

Ninguém pode ser definido por um simples PERFIL. Aquilo apenas limita nossos interesses, e apresenta possíveis amigos, que tem algo em comum. 

Eu também tenho muitos amigos no FACEBOOK. Mais do que eu conheço de verdade, ou que tenha conversado muitas vezes. Eles estão lá no meu Perfil, e se você perguntar para alguns deles, “quem eu sou”; alguns talvez nem saibam o que eu escrevi lá, onde trabalho, estudo,… qual foi a última atualização, foto ou texto compartilhado. Nem todos tem informações precisas sobre a minha pessoa, porém alguns sabem muito mais do que um simples RESUMO.

Não quero que meus leitores se limitem à perfis pobres de informação, muito menos que se iludam com o que as pessoas escrevem sobre si mesmas nas redes sociais. Lembre-se que o conhecimento é gerado pelo estudo geral e focado de diversos fatores, que estão ligados à um único sujeito.

Imagem

Eu acho que é isto 😉
Uma ótima tarde à todos.

 

Love,
M. Fletcher


 – Armas de brinquedo. 

Caro leitor, o que você irá ler agora é uma breve reflexão baseada em opiniões pessoais e fatos do cotidiano. Acredito ser importante que tenhamos um olhar crítico para o mundo a nossa volta, visto que sociedade se constitui de um conjunto de pessoas; que deveriam compartilhar os mesmos interesses. Em nossa história de hoje, nos atentaremos para a Paz Mundial.

 

O filme “O Senhor das Armas” – Lord of War, de 2005, foi inspirado em um personagem real que traficava armas (Acompanhe a notícia). É possível ver que tudo gira em torno de poder, da necessidade do homem de se sobrepor à outras sociedades “inferiores”, e portanto outros serem subordinados pelos poderosos, que não apenas dominam e controlam a posse de armas em seus países, como também violam um Tratado de Paz. 

Em uma das cenas do filme, vemos que há crianças com posse de armas, e com certeza aquelas não eram coloridas e disparavam bolinhas de plástico ou água; são armas de fogo, que servem para matar, roubar e destruir. 

 

Imagem

 

Eu me pergunto se hoje na sociedade em que vivemos, estas armas de brinquedo e todos os Games criados, principalmente para os meninos, não passa a ideia de domínio, de superioridade à essas crianças? Para que elas precisam de uma arma para brincar? 

Não, eu não estou sendo extremista. Pois, veja você: O que os Games com personagens armados pedem que suas crianças façam: ATIIIREEM! E não é isto que elas fazem? 
Elas atiram siim, e atiram para todos os lados, um dia com um controle na mão, no outro dia com um “brinquedo de plástico”, mas quanto tempo isto leva até que elas atirem de verdade? 
Quanto tempo leva para uma criança atirar em seus pais a responsabilidade por seus atos? Uma vida adulta, será!? 

Eles estão atirando! As nossas crianças atiram contra nós, e denunciam a própria falta de negligência de seus pais, que apenas se preocuparam com a diversão, e se esqueceram que ainda é preciso atirar a paz na vida de seus filhos. Pois a educação deles começa a ser atirada, palavra por palavra ainda na infância.

 

Para todos os meus leitores, desde já agradeço a companhia deste ano cheeeeio de atividades para mim. Obrigada por me acompanharem e serem pacientes. Desejo à TODOS um ano cheio de PAZ e muito AMOR. 

 

beijo,beijo,beijo
Love,
M. Fletcher

 

 


Alguma vez você já pensou em DESISTIR de algo tão importante para você;  que na verdade é a única coisa que poderia fazer sua vida ter sentido naquele momento.

Você já quis desistir daquilo que te move? Mesmo sabendo que iria se arrepender – em um súbito momento de seus dias tenho certeza de que um dia, por mais amor que você sentiu por alguém, por alguma coisa (seja seu trabalho, seu curso na faculdade, um projeto..); você já pensou em desistir.

Não quero dizer que você é fraco, que sua persistência não seja suficiente. Ou mesmo que sua fé ou esperança podem estar abalados. Tudo aquilo que atribuímos maior valor, naturalmente nos dedicamos mais, entregando cada precioso minuto de seu tempo, preocupando-se ainda se isto é pouco.

Mas quando algo dá errado, a frustração é instantânea. Uma decepção é o suficiente para colocar seu AMOR à prova. É o suficiente pra que hajam questionamentos, de quanto você foi recompensado por tudo aquilo que fez.

Não interessa a recompensa, ou se há reciprocidade neste AMOR. Vamos nos ater ao conteúdo, não apenas, a fórmula do amor. Porque de alguma forma, você se esforçou por aquilo, buscou incessantemente agradar, ter bons resultados, ter sucesso e ser bem sucedido. E parece que em um simples gesto, uma simples ação Retirou este Documento de sua Área de Trabalho, e o jogou na Lixeira.

Mas eu lhe digo, que não tempo perdido quando há motivação. Quando amamos muito aquilo que queremos. Estas pequenas coisas que dão errado, nos ajudam a crescer, a mudar… e construir algo novo, inesperado, e por que não!? Surpreendente.

“Porque de tudo na vida se pode desistir, enquanto da vida existir vontade de lutar.” (M.Fletcher)

Imagem

 

 

 

Have a good night (:
Love,
M.F


É difícil descrever algo que gostamos. Sim! Isso mesmo caro leitor.. É complicado para mim, encontrar palavras que expressem em sua totalidade sentimentos, ações, qualidades que cabem à uma pessoa. Confesso que muitas vezes elogio pouco. Não que eu goste de ficar elogiando alguém o tempo todo. Mas acredito que aquilo que é bom devemos ressaltar, é preciso se pronunciar, deixar que as palavras formem belas canções e melodias em seus lábios. 

Digo isto, pois, na verdade.. Tenho até vergonha de dizer isto. Porém nem sempre, nem em todos os momentos eu reconheci o valor de um amigo, de uma mãe, de um pai, de um irmão. É claro que temos sim aquele momento de discussão e desentendimento um com o outro. Mas acreditem (isto é para as pessoas que eu amo), mesmo em meio a tais circunstâncias difíceis e por mais complicadas que pareçam, eu amo a todos. Talvez um amor incompleto, por ser parte de um amor mediante à uma briga, mais um amor totalmente e sinceramente meu. 

É difícil ceder em alguns momentos, é bom ter razão. Eu acho até que… o ser humano busca isto, ele não quer apenas tomar conhecimento, ser autor do saber. Ele quer ser dono, dono de tudo. Porém ele ainda não é o dono, não é o dono da verdade; por mais que tenha posses e bens materiais, uma ótima formação acadêmica, grande experiência no ramo dos negócios. Ainda te falta gerenciar seus relacionamentos, construir fontes seguras de amor, respeito, dedicação, confiança e afeto. E este passo podemos dar juntos e de mãos dadas, pois não existe nada melhor do que compartilhar o universo do outro.

 

 

Imagem

 

Aos meus amigos e caros leitores,
Dedico este post com muito carinho e amor. Obrigada pela motivação que despertou a vontade de escrever. 

 

Love,

always, Melissa Fletcher


Ontem escrevi uma carta. Utilizei simples palavras e frases, para expressar o que meu coração sentia. Busquei ser clara e o mais breve possível, queria que entendesse e sentisse, assim como eu sinto. A carta não tem endereço, pois eu não sei bem onde você se encontra, desde que decidiu sumir da minha vida, pois bem, eu ainda não sei onde você está. Mas tenho convicção de que em meu coração você ainda está presente, suas lembranças estão em mim  – em minha alma faz morada.
Além da carta lhe comprei um presente, algo simples não muito caro. Mas escolhi algo memorável que o fizesse se lembrar de minha presença, me mantendo por perto o tempo todo. É claro que o presente não poderia ser entregue assim de mãos vazias, portanto escolhi uma caixa azul, e a fita de cetim vermelha com um enorme laço, você me conhece! Sabe que adoro surpresas, e esta fiz especialmente para você!
O que há de errado em comprar flores para um homem? Eu particularmente acho isto natural, é claro que não tem o mesmo efeito, mas escolhi flores com um agradável perfume, talvez elas neutralizem um pouco o cheiro de suas meias fedidas espalhadas pelo carpete da sala, e alegrem um pouco o apartamento, que parece sem vida, aquele papel de parede cinza, parece a fumaça de uma hora do rush em São Paulo.
Ah, e claro! Na cozinha deixei uma cesta com seu café da manhã, não que eu acredite mesmo que você irá comer todas aquelas frutas, e beber suco natural de soja, mas acredite a vendedora não tinha uma opção com Fast Food de café da manhã. Uma pena ;/ Bem, mas experimente os cookies, são com gotas de chocolate, e as torradas são bem crocantes ;D
O jornal já está em cima da poltrona, no seu lugar preferido de ler as Notícias sobre esporte, é claro! Até hoje me pergunto porque não podíamos assinar o Atualíssima, se você gosta de esportes, eu quero ler os resumos da novela, não é justo!? Bom… eu me contentei com as palavras cruzadas. 
Já alimentei o Spike, cachorro do inferno, que engoliu minha correntinha que ganhei de aniversário do papai. E que você sempre cuidou dele;… depois que eu limpava tudo, você se lembrava que esta era uma tarefa sua ¬¬
O terno já está na lavanderia, para o casamento daquele seu primo Pedro, que com certeza não irá durar muito, a despedida de solteiro que o diga, não é querido!? 
Bom, acho que é só isto, sei que está se perguntando o POR QUÊ? 
Mas VOCÊ sabe que sou ÚNICA e INCOMUM, sempre gostei de fazer algo diferente!
Então, SEJA Feliz! 😀
Meu Advogado lhe entregará os papéis do divórcio.

De sua querida e amada, 

Mariana.
PS: Eu te odeio, cretino.

Imagem

 

Um Conto de M. Fletcher