Feeds:
Posts
Comentários

Archive for julho \29\UTC 2012

A carta que escrevi


Ontem escrevi uma carta. Utilizei simples palavras e frases, para expressar o que meu coração sentia. Busquei ser clara e o mais breve possível, queria que entendesse e sentisse, assim como eu sinto. A carta não tem endereço, pois eu não sei bem onde você se encontra, desde que decidiu sumir da minha vida, pois bem, eu ainda não sei onde você está. Mas tenho convicção de que em meu coração você ainda está presente, suas lembranças estão em mim  – em minha alma faz morada.
Além da carta lhe comprei um presente, algo simples não muito caro. Mas escolhi algo memorável que o fizesse se lembrar de minha presença, me mantendo por perto o tempo todo. É claro que o presente não poderia ser entregue assim de mãos vazias, portanto escolhi uma caixa azul, e a fita de cetim vermelha com um enorme laço, você me conhece! Sabe que adoro surpresas, e esta fiz especialmente para você!
O que há de errado em comprar flores para um homem? Eu particularmente acho isto natural, é claro que não tem o mesmo efeito, mas escolhi flores com um agradável perfume, talvez elas neutralizem um pouco o cheiro de suas meias fedidas espalhadas pelo carpete da sala, e alegrem um pouco o apartamento, que parece sem vida, aquele papel de parede cinza, parece a fumaça de uma hora do rush em São Paulo.
Ah, e claro! Na cozinha deixei uma cesta com seu café da manhã, não que eu acredite mesmo que você irá comer todas aquelas frutas, e beber suco natural de soja, mas acredite a vendedora não tinha uma opção com Fast Food de café da manhã. Uma pena ;/ Bem, mas experimente os cookies, são com gotas de chocolate, e as torradas são bem crocantes ;D
O jornal já está em cima da poltrona, no seu lugar preferido de ler as Notícias sobre esporte, é claro! Até hoje me pergunto porque não podíamos assinar o Atualíssima, se você gosta de esportes, eu quero ler os resumos da novela, não é justo!? Bom… eu me contentei com as palavras cruzadas. 
Já alimentei o Spike, cachorro do inferno, que engoliu minha correntinha que ganhei de aniversário do papai. E que você sempre cuidou dele;… depois que eu limpava tudo, você se lembrava que esta era uma tarefa sua ¬¬
O terno já está na lavanderia, para o casamento daquele seu primo Pedro, que com certeza não irá durar muito, a despedida de solteiro que o diga, não é querido!? 
Bom, acho que é só isto, sei que está se perguntando o POR QUÊ? 
Mas VOCÊ sabe que sou ÚNICA e INCOMUM, sempre gostei de fazer algo diferente!
Então, SEJA Feliz! 😀
Meu Advogado lhe entregará os papéis do divórcio.

De sua querida e amada, 

Mariana.
PS: Eu te odeio, cretino.

Imagem

 

Um Conto de M. Fletcher

Read Full Post »